Música

spotify entra em guerra com apple por novas taxas

todayjaneiro 23, 2024

Fundo
share close

A Apple e o Spotify estão em uma verdadeira batalha pública pela proteção de lucros. O app de streaming alega que o novo plano de taxas de transação da empresa de Steve Jobs é “ultrajante”. De acordo com as novidades, a Apple cobrará até 27% de comissão dos desenvolvedores de aplicativos que vendem produtos fora da Apple Store. 

Spotify e Apple vivem batalha pública por novas taxas – Foto: reprodução

O Spotify é uma das várias empresas que se posicionaram contra a nova política, acusando, inclusive, a Apple de passar por cima de tudo para proteger os lucros. As taxas foram introduzidas depois de uma batalha legal com a Epic Games, desenvolvedora do Fortnite. Ela permite que as pessoas assinem serviços ignorando o sistema da Apple, mas cobra uma comissão considerável. 

“Mais uma vez, a Apple demonstrou que não vai parar por nada para proteger os lucros que obtém das costas dos desenvolvedores e consumidores sob o monopólio da loja de aplicativos”, alegou o Spotify, dizendo que isso “vai contra” a criação da maior concorrência no mercado.

Além disso, em comunicado, a plataforma fez um pedido ao governo do Reino Unido de “por fim a esta falsa postura”, com a Lei dos Mercados Digitais, da Concorrência e do Consumidor. “Instamos veementemente os legisladores do Reino Unido a aprovarem um projeto de lei rapidamente para evitar que a Apple implemente taxas semelhantes”, escreveram.

Polêmicas dos dois lados

O Spotify  confirmou recentemente uma mudança de política própria, onde todas as canções da plataforma devem ter a partir de 1000 streams para começar a lucrar. De acordo com dados do Spotify, das 100 milhões de músicas no streaming, apenas 37,5 milhões cumprem os novos requisitos para gerar receita. Isso significa que cerca de 60% das faixas não vão entrar na lista de produções que vão ganhar royalties. 

Como esperado, diversos artistas emergentes usaram as redes sociais para expressar seu descontentamento com as novas políticas. Em uma entrevista para a Rolling Stones EUA, o grupo indie Damon e Naomi disse que a medida vai impactar negativamente o mundo musical, tirando cerca de 40 a 46 milhões de dólares de artistas ao redor do planeta.

 As mudanças chegaram depois da plataforma ter aumentado o preço da subscrição pela primeira vez em dez anos, afetando usuários no Reino Unido e nos Estados Unidos. 

LEIA MAIS:

Escrito por Julia Duvoisin

Rate it

A RÁDIO ATLÂNTIDA

A maior geradora multiplataforma de inovação e conteúdo jovem de Santa Catarina e a melhor vibe do FM!

SINTONIZE

Ouça a rádio da sua vida

QUERO ANUNCIAR!